domingo, 28 de outubro de 2007

Da religiosidade brasileira


O sincretismo religioso no Brasil não tem limite. Ana Maria Braga comprova:


"Eu sou tão católica, mas tão católica que na encarnação passada eu acho que fui uma freira"

2 comentários:

Duds Du Little disse...

Hunf...
Que sacrilégio...
Não sei por que ainda entro neste blog...

Fernando Nutella disse...

Pô, cara, eu acho que a frase dela tem um puta senso de religiosidade que ninguém tem coragem de assumir.

É por isso que eu prefiro o Teatro Mágico.