segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Pérolas dos bandalhas


Muitas são as pérolas proferidas pelos integrantes da Dona Bandalha. Mas ninguém, ninguém mesmo no mais alterado grau de consciência supera João Paulo Poltronieri. Eis algumas máximas do intérprete de Mestre Zão:

“Boa parte das músicas do Roberto Carlos foi psicografada.”

Alan cantarola: “Nas asas da Pan Air”
Jaum: Nas asas da panela? Panela não tem asa!

“Cadê minha prega?”

“Eu nunca usei um vibrador mas já usei coisas como um vibrador”

“Mas é metafórico.”
Tentando explicar a frase acima

“É como um copo metade cheio, metade vazio. Assim é o cu.”
Na definição que sairá na próxima edição do Aurélio e Houaiss

Alan e Jaum na padoca do Zé. Jaum dá uma facada na bunda do Alan.
Alan: Eu to com o cu sangrando! Eu to com o cu sangrando!
Jaum: Cara, vamos parar com os palavrões, ta muito pesado!
Alan: Mas o meu cu ta sangrando, cara, sangrando!
Jaum: Mas você pode mostrar que está desgostoso sem dizer coisas feias!
Alan: Não, Jaum, eu to pedindo pra você ceder!

"Fernando é um gay que gosta de mulheres"

Jaum: Você já bebeu xixi?
Alan: Não. Por que você já bebeu?
Jaum: Não. Só cheirei o copo e lambi a taça.

Fernando: Suas frases são boas por isso que você escreve bem.
Jaum: Mas eu não escrevo.

Todos assistem “A vida submarina...”. Ou quase todos.
Fernando: Só salvaram o Gui e o Jaum.
Gui: Só que eu estava olhando o aparelho de DVD.
Jaum: Eu gosto de barcos. Essa energia...

2 comentários:

Alan Livan Bandalheira disse...

Sacanagem Thais. O diálogo entre eu e o Jaum foi um arroubo poético criado quase que instantaneamente por Fernando Barros, juntando algumas frases dos Bandalhas e recriando outras. A clássica "Estou pedindo para você ceder" por exemplo foi uma frase do Marcelo para o Jaum. Bom, em que condições foi dito isso eu deixo para a imaginação dos leitores...

Thaís disse...

Alanildo, pára de brincar de Mister M e cortar a graça toda da piada. Os nossos poucos leitores agradecem.